Ata da reunião de 20/08/2018 – Operacional

A reunião de hoje teve 3 convidadas de um grupo de estudos da UNESP, estudiosas das questões de gênero na música. Elas expuseram seus anseios e as razões pelas quais formaram o grupo. Elas perceberam a maior ausência de mulheres nos cursos de composição e regência, além da evasão de estudantes destes cursos – principalmente mulheres. O grupo de estudos delas se chama Vozes Inaudiáveis. Elas estão em busca de repertório de mulheres para inserir nos concertos, etc. A Sonora se interessa muito em juntar forças com este grupo.

Além delas, a Tide Borges integrou o encontro e pretende estar mais presente nas reuniões da rede. Ela falou da importância de falar sobre as histórias das mulheres, entre outros, porque quando a gente fala a gente também se ouve.

Foi apresentado um breve resumo das atividades da Sonora para as novas integrantes. Logo após esta introdução, passamos aos informes.

 

Informes

  • Fabio Cury, fagotista, é professor da USP e está responsável pela direção artística da OSUSP. Ele procurou a Valéria e a Lilian para conversar sobre seus planos para a orquestra, com a intenção de modernizar um pouco o repertório habitual da mesma e de aproximar o grupo do Depto. de Música. Ele já se aproximou do Rogério para fazer projetos com a Orquestra Errante e do Fernando para fazer projetos com o NuSom. Agora pensou em fazer alguma atividade com a Sonora, para estimular a participação de mulheres e estimular repertório de compositoras.
  • Ligiana Costa procurou a Lilian para fazer uma parceria com a Sonora para apresentar algo no SESC. Ela pensa em unir a OSUSP, a Sonora e seu duo, chamado NU. Uma ideia seria chama-la para um evento da serie Vozes, para conhecer melhor seu trabalho.

 

Propostas de calendário

  • Existe o desejo de fazer um encontro sobre maternidade com o Coletivo Feminista. Flora ficou de ver uma data comum para a rede e o coletivo.
  • Há também o projeto de conversar sobre assédio no Depto. de Música da ECA. Vamos retomar este assunto oportunamente.
  • Sobre calendário, há um desejo de fazer um concerto com obras de Vânia Dantas Leite. A dificuldade é arranjar o material, gravações, etc. Davi disse que a UNIRIO deve estar preparando um evento em torno da Vania, poderíamos entrar em contato com quem estiver organizando e talvez espelhar o evento aqui em SP. Há a turma de eletroacústica, do Fernando Iazzetta. Lilian ficou de falar com o Alexandre Fenerich para abordar o assunto. Se nada for possível, faremos um grupo de estudos sobre a Vânia.
  • Para o dia 24/9 falta definir o nome da serie de concertos que será aberta com o recital da Eliana. Uma proposta seria “Sonora Concerta”, ou “Concerta Sonora”, entre outras.
  • A ideia de chamar a Carô Murgel para falar de sua pesquisa de Doutorado sobre compositoras brasileiras pode gerar um Visões. Eliana enviou uma mensagem pelo Facebook sugerindo as datas 10 e 17/9.
  • Teca e Suzana Igayara estão na lista de convidadas.

 

Radio

  • Foi apresentado à Tide Borges um relato sobre o programa que está sendo montado com a Valéria e a Alma.
  • Valéria se comprometeu a mandar a própria bio para o programa.
  • A próxima reunião ficou marcada para as 15:00h. Flora se comprometeu a trazer o material para editarmos.

 

Inserção de nomes no site

  • Ainda temos que discutir melhor como fazer isso, já que poucas pessoas responderam manifestando sua vontade.

 

 

 

 

Ata da 6ª Reunião do 2º semestre (interna) 26/09/2016

Tópicos abordados

Formulário Tania Neiva

  • Tania esteve presente (fisicamente) à reunião da Sonora. Foi trabalhado o formulário que ela vem elaborando para sua pesquisa de Doutorado, mas que interessa diretamente a todas pessoas da rede.
  • As duas primeiras seções do formulário foram concluídas. A primeira equivale à introdução e explanação da rede Sonora e a segunda aos dados pessoais das pessoas que a integram.
  • O item 3 aborda aspectos profissionais. Neste item, muitas questões pareceram complexas demais para serem definidas em uma reunião. Este item 3 foi deixado em aberto para discussão.

Encontra Sonora

  • Valeria expos a reunião que ela teve com o responsável pela programação do Centro Cultural São Paulo em relação ao Encontra.
  • Foram colocadas as especificidades da Sonora, do Centro Cultural e do evento Música Estranha, que ocorrerá no CCSP no mesmo fim de semana que o Encontra Sonora.
  • Thiago Cury, responsável pelo Música Estranha, participou da última parte da nossa reunião. Ele expôs o conceito de “música estranha” e contou que o festival homônimo está na 4ª edição. O festival enfoca a composição contemporânea.
  • Thiago Cury tem interesse nas questões de gênero e quer unir forças no fim de semana em que a Sonora se apresentará no CCSP (26-27/11).
  • Em vista deste panorama ficou decidido que a Sonora será parceira do Música Estranha em uma oficina infantil de música criativa, e no lançamento de um edital para composição a ser apresentada no concerto da noite, ambas as atividades no sábado 26.
  • Thiago se comprometeu a enviar o edital de composição hoje para apreciação e edição. Mariana e Eliana se comprometeram a ler, dar contribuições e passar para as pessoas que estiveram na reunião hoje.
  • Ficou decidido que o domingo 27 será totalmente dedicado ao Encontra Sonora, com mesas de debates e recital à noite.

Protesto Sonora

  • Ariane trabalhou na edição durante a reunião.
  • Ficou decidido que o protesto irá ao ar esta semana.

Próximo encontro

  • Serie Vozes com Janete e a Radio Arte. Ariane e Valéria se comprometeram a fazer o post de divulgação.

Ata da 5ª Reunião do 2º semestre (interna) 19/09/2016

Tópicos abordados

Protesto Sonora

  • Foi discutida a necessidade de aumentar o número de samplers e talvez diminuir o volume de alguns arquivos enviados.
  • Discutiu-se a pertinência de colocar instruções de uso da página, para que o resultado seja obtido.
  • Falou-se em fazer um GE com textos enviados pela Camila, dos quais 3 foram selecionados pela Tania por abordarem mais especificamente o aspecto misógino do impeachment.

Radio Sonora

  • Valeria colocou a questão da trajetória da Sonora, que parte de vários pontos e pessoas diferentes com propósitos diversos.
  • Vai ser mantido o formato rascunhado na reunião do dia 12/9, com alteração da parte histórica da rede.
  • O programa terá, a princípio, 1h de duração.
  • Uma possibilidade é fazer o 1º programa com as pessoas mais assíduas às reuniões que estiveram na rede desde o início:

Valéria, Lilian, Mariana, Eliana, Ariane, Camila, Natalia, Flora, Isabel, Roseane, Bárbara, Vanessa, Antonilde, Sarah, Tania.

  • Surgiu a ideia de dividir o grupo em vários programas, tendo sempre alguém assíduo às reuniões e alguém de fora. O formato poderia ser o da serie Vozes.
  • As vinhetas podem ser sobre temas diversos, relacionados aos próprios programas e às pessoas que estão presentes cada vez.
  • Outra sugestão é que cada pessoa traga 5 áudios que a inspiram ou feitos por ela. Entre os áudios inserem-se conversas e vinhetas.

Formulário Tania

  • Foi levantada a importância do trabalho que está sendo realizado pela Tania Neiva, de mapear xs membrxs da Sonora. É essencial dar ideias, criticar e colaborar com esta pesquisa, que está no link passado por ela na lista.

Encontra Sonora

  • Valeria está em contato com o Centro Cultural. O responsável pela entidade colocou a questão do festival Música Estranha, que ocorrerá na mesma semana do Sonologia. Ele propõe que os três eventos conversem e entrem num acordo pelas datas.
  • Esta resposta deverá vir até o fim desta semana.

Programação flexível dos próximos encontros

  • 3/10 Janete ou Golpe
  • 17/10 Operacional
  • 24/10 Katunda ou Golpe
  • 31/10 Vozes com Denise Garcia

Próximo encontro

  • Formulário Tania
  • Encontra Sonora
  • Atualizar calendário
  • Fechar Protesto Sonora

 

Ata da 4ª Reunião do 2º semestre (interna) 12/09/2016

 Tópicos abordados

  • Encontra Sonora:

Sobre o local a ser realizado o Encontra Sonora, Mariana disse que entrou em contato com a Praça das Artes. O responsável pelo local mostrou interesse, mas não ofereceu o auditório, instrumentos ou aparelhagem, devido à proximidade da data. Por sua vez, Sarah disse à Mariana ter entrado em contato com o espaço Maria Antonia (que Eliana iria contatar), sem obter retorno. Ariane, que ficou responsável pelo contato com os encarregados pelo estúdio Fita Crepe, não entrou em contato ainda. Davi tentou contatar a Biblioteca Mario de Andrade, mas ainda não teve retorno. Valéria está em contato com o CCSP, que parece ser o local mais indicado. Até o momento estamos aguardando respostas.

 

  • Programa para Radio USP:

Ariane pesquisou alguns sites e colocou os links no documento relativo ao programa que foi aberto no google docs. Até hoje somente a Bella havia mandado áudio para o programa, sendo seguida pela Mariana que mandou hoje à noite.

Sobre os depoimentos para o item “Sonora é”, referente à vinheta, ficou decidido que será lançado um pedido na lista de e-mails na semana que vem, para não confundir com o protesto sonoro que está arrecadando materiais durante esta semana.

Por enquanto foi elaborado um roteiro para o 1º programa, que inclui: vinhetas, repertório e história da Sonora. A ideia é intercalar bate-papo com os três itens.

O roteiro segue os tópicos:

  1. Falta de exemplos musicais de compositoras para aulas
  2. Intenção de elaborar um repositório com trabalhos de mulheres
  3. A partir do encontro do FIME foram levantadas questões sobre feminismo no contexto da música
  4. O congresso da ANPPOM chamou a atenção para o trabalho das musicólogas feministas, e a Sonora convidou a Tania para apresentar sua comunicação do congresso. Isto abriu a percepção da rede para a necessidade de conhecer a literatura da musicologia feminista.
  5. Foram realizados grupos de estudo sobre textos (GE)
  6. Iniciaram-se as series Vozes e Visões
  7. Foi criado o site e surgiu o nome Sonora
  8. Surge interesse em procurar autores brasileiros que estudavam questões de gênero e de minorias. Foi criada a serie Visões, para as quais foram entrevistados Acácio Piedade (para falar do trabalho da Maria Ignes Cruz Mello com as mulheres indígenas); Lea Tosold (feminismo indígena); Isabel Nogueira; Lilian Campesato e Rosane Borges.
  9. Cria-se a serie Vozes, que entrevistou Bárbara Biscaro; Roseane Yampolschi e Valéria Bonafé.

 

  • Georgina Born:

O texto escolhido para o encontro da semana que vem, dia 19/9, foi o que aborda as questões de gênero. Ainda não ficou definido quem vai apresenta-lo na reunião que reunirá membrxs da Sonora com participantes do NuSom.

 

  • Protesto Sonora:

Ariane disse que até o fim da semana consegue cortar, converter e passar para o formato definitivo as contribuições dadas pelxs membrxs da lista de e-mails.

Trabalhos realizados

  • Foi elaborado o roteiro para o 1º programa de radio que será oferecido pela Sonora à radio USP. Os dados, também apresentados nesta ata, foram adicionados ao documento em elaboração do docs.

Próximo encontro

  • Pedir vinhetas “Sonora é” e verificar material de repertório para programa de rádio.
  • Fechar lugar do Encontra Sonora para lançar edital na lista (fazer edital).
  • Elaborar protesto sonoro.

Ata da 3ª Reunião do 2º semestre (interna) 29/08/2016

Tópicos abordados

Encontrão:

  • O primeiro tópico discutido foi a questão do espaço para o encontro de participantes da rede Sonora, a se realizar no último fim de semana de novembro, após o congresso de Sonologia. Foi apontado que seria interessante ter um local de fácil acesso ao público, com lanches ou cafés ao redor. Isto, a princípio, afastaria a possibilidade de realiza-lo na USP. Opções viáveis seriam a Biblioteca Mario de Andrade, Espaço Maria Antônia, Centro Cultural, Praça das Artes e Estúdio Fita Crepe.
  • Divisão de tarefas: Ariane se comprometeu a contatar o Fita Crepe, Mariana o Maria Antônia, Valéria o Centro Cultural, Davi a Biblioteca Mario de Andrade e Eliana a Praça das Artes. Tais contatos deverão ser feitos por e-mail.
  • O encontro, chamado provisoriamente de Encontrão, foi renomeado para Encontra Sonora: Músicas e Feminismos.
  • Foi delineado como possível cronograma:
  1. Definição de lugar até 12/9.
  2. Chamada de apresentações na lista – segunda quinzena de setembro
  3. Fechamento da programação: outubro

Programas para a Radio USP:

  • Nas reuniões anteriores decidiu-se que seria elaborado um pacote de 4 programas, com conteúdo derivado das atividades da Sonora neste um ano e meio de existência.
  • Para o primeiro programa, intitulado “Sonora É”, três tópicos foram escolhidos:
  1. Sonora é (áudios com definições do termo gravados por participantes da rede). Esta será a parte mais processada e experimental.
  2. Músicas (trabalhos) de autoria dxs membrxs artistas.
  3. Relatos de assuntos e entrevistas realizadas.
  • Ficou decidido que o foco inicial será nxs membrxs mais atuantes da rede, que disponibilizarão obras de seus repertórios, passando às integrantes menos assíduas.
  • O programa contará com um tempo para bate-papo sobre a Sonora, o que o termo sugere, etc.

 

Trabalhos realizados

  • Foi redigido um primeiro “boneco” do release de apresentação do Encontra Sonora, com intuito de conseguir espaços para sua realizaçào. Eliana ficou responsável por colocar o documento no Docs para que todxs possam contribuir com sugestões.
  • A data limite para que enviemos e-mails aos representantes dos espaços selecionados será sexta-feira 2/9.

 

Próximo encontro

  • Como dia 5/9 não haverá reunião, devido ao fechamento da USP pela Semana da Pátria, o encontro do dia 12/9 será dedicado à programação da radio.
  • Será avaliado o repertório coletado.
  • Será dedicada meia hora para questões ligadas ao evento Encontra Sonora.

 

 

 

Ata da 2ª Reunião do 2º semestre (interna) 22/08/2016

Tópicos abordados

Nomes levantados na reunião passada para as series Vozes e Visões do semestre

  • A musicista e pesquisadora Janete El Haouli se colocou a disposição para participar da serie Vozes em duas datas: 26/9 ou, no mês de novembro, próximo ao encontro Sonologia. A data em setembro pareceu mais interessante ao grupo devido ao projeto do programa de rádio que está sendo delineado, para o qual a pesquisadora poderia colaborar dando informações de sua vasta experiência no assunto.
  • Janete ofereceu dois temas possíveis para sua entrevista: os programas de rádio e radio-arte, ou as vozes do radio. O primeiro pareceu mais pertinente.
  • A fim de preparar tal encontro, foi proposto um GE com textos da Janete no dia 12/9, com a possibilidade de estender o assunto até o encontro do dia 19/9. Esta possibilidade deverá ser confirmada, uma vez que o dia 19/9 está reservado, inicialmente, para o GE de Georgina Born, juntamente com o NuSom.
  • Outras convidadas sugeridas no encontro anterior foram a compositora Denise Garcia e Renata Roman, disponíveis, provavelmente, em outubro. De acordo com o cronograma do semestre as melhores datas parecem estar entre os dias 17/10 e 14/11.

GE dos grupos Sonora e NuSom com textos de Georgina Born

  • Foi sugerido o 2º artigo da autora disponível no Academia.edu. Davi se responsabilizou por cuidar deste GE, sugerindo o texto citado aos demais integrantes do NuSom.
  • Paralelamente ao GE, Valéria trouxe a informação de que há um interesse dos participantes do NuSom em conhecer melhor as atividades da Sonora, através de uma participação da rede nos encontros do grupo. Poderia ser feita uma apresentação de 20 min. aproximadamente, com o conteúdo das pesquisas realizadas (e não informações práticas relacionadas ao site, reuniões, etc.).

Encontrão

  • Uma possível data seria o fim de semana 26-27/11. Valéria se responsabilizou por contatar o CCSP e/ou o Fitacrepe para ver se algum deles se interessa em ceder o espaço. Eliana se responsabilizou por lançar o convite na lista de e-mails.

Programas para Radio USP

  • Foi sugerido retomar o brain storm da formação da Sonora, quando participantes mandaram suas ideias acerca da palavra SONORA. A fim de coletar material para uma possível vinheta, xs interessadxs gravariam a sua ideia e mandariam para ser processada.

 

Trabalhos realizados

  • Foi aberto um arquivo no google docs para rascunhar o projeto do programa de radio.
  • Ouviu-se alguns trechos de programas da Rede Radio Arte para ter noção de formatos existentes. Um dos ouvidos foi o realizado por Janete El Haouli para a rede.
  • Foi sugerida a escuta de La marche de l’histoire, produzido pela France Inter. O episódio recomendado foi Pierre Schaeffer, La radio de léndemains. O programa traz entrevistas e amostras de programas de radio feitos ao vivo por Schaeffer.

 

Próximo encontro

  • Confecção do Programa 1 a partir de sessões de escuta de programas selecionados.
  • Cada integrante deverá trazer uma amostragem de programa de sua preferência. Ariane se comprometeu em trazer um realizado por Renata Roman.

 

 

Ata da 1ª Reunião do 2º semestre (interna) 15/08/2016

Tópicos abordados 

Reinício das atividades retomando os projetos do 1º semestre

  • Lilian, em seu último encontro antes do nascimento de sua filhinha, fez um  breve retrospecto dos planos que foram idealizados no 1º semestre. Entre    eles, ressaltou o convite que foi feito à rede Sonora no início do ano para um possível projeto na Rádio USP, enfocando nossa pesquisa sobre mulheres na música.
  • Um segundo tópico apontado por ela foi a ideia de confeccionarmos um selo de gravação Sonora on-line. Foi discutida a possibilidade de uma parceria com o LAMI para as gravações e publicações das mesmas.
  • Valéria propôs o terceiro tópico, que seria o de realizarmos um “Encontrão   Sonora” envolvendo a apresentação de trabalhos de participantes da rede.   Este evento aproximaria integrantes que não habitam em São Paulo, mas que são assíduas (os) participantes via hangout.
  • Ficou estabelecido que não seria viável abraçar as 3 propostas. As mais atraentes pareceram ser os programas de rádio e o Encontrão, ainda assim em formatos concisos.
  • O prof. Iazzetta opinou que os programas de rádio, em geral, abarcam           entrevistas, audição de obras e alguns comentários extras. Ele crê que um     pacote fechado, com X programas, temas, etc., seja mais fácil de ser aceito   pelos responsáveis pela programação.
  • Lilian sugeriu mesclarmos nosso trabalho de pesquisa sobre compositoras   com a escuta de obras de mulheres.
  • Foi acordado que seria possível fazer um projeto com 4 programas, com uma amostragem do que aconteceu neste 1 ano e meio de Sonora. Eliana sugeriu os temas: música indígena, questões raciais, compositoras latino-americanas e mulheres na música experimental, com base nos GEs, Sessões Vozes e Visões constantes do site.

Relatos das atividades do mês de julho, em que as reuniões formais estavam suspensas

  • Eliana contou da experiência de participar do evento internacional “Sonora Compositoras”, compondo uma mesa de debates sobre a Mulher Multi. Apesar da coincidência do nome, o evento não tinha relação direta com a rede Sonora, a não ser pelo objetivo comum de dar visibilidade e valorizar a produção das mulheres na área da Música. Coordenada pela compositora Larissa Baq, a mesa debateu as diversas atividades assumidas pela mulher musicista para divulgar sua atividade artística: produzir, estudar, apresentar, divulgar, criar. Também abordou-se as dificuldades e obstáculos que o ambiente machista da música impõe a quem quer desafiá-lo.
  • O evento Sonora Compositoras teve lugar em diversas cidades do Brasil e em algumas do exterior. Em cada localidade ele pode ter um perfil diferente, de acordo com a curadoria. Após a realização em São Paulo, algumas integrantes da rede Sonora assumiram a coordenação de eventos em outros estados: Isabel Nogueira em Porto Alegre (RS) e Flora Holderbaum e Camila Zerbinatti em Florianópolis (SC).
  • Flora falou, por hangout, da experiência que está sendo organizar o evento em Florianópolis. Ela e Camila estão propondo fóruns de discussão em meio aos shows e eventos. Também estão propondo uma maior participação de compositoras e intérpretes ligadas à música erudita e experimental do que ocorreu em SP.
  • Ariane contou de sua participação em 2 eventos no mês de julho: o CMMR  International Symposium on Computer Music Multidisciplinary Research e o FIME (Festival Internacional de Música Experimental). Em relação a este último, além das apresentações foram feitos 2 encontros com as pessoas da rede Sonora e do Projeto Dissonantes.
  • Estas reuniões foram realizadas no SESC Consolação, com a presença dos coordenadores do FIME.  Em pauta relatos e discussões sobre a dificuldade das mulheres em ocupar espaços para mostrar trabalhos, ainda que estes espaços sejam acessíveis – como é o caso do Projeto Dissonantes.
  • Flora lembrou a apresentação de Fernanda Aoki no FIME, tratando de assuntos feministas. A convite de Fernanda, várias integrantes da Sonora e das Dissonantes participaram de sua performance.

Trabalhos realizados

  • Leitura de Edital Ibero-americano para financiamento de eventos, visando viabilizar o Encontrão Sonora.

Próximo encontro

  • Foi acatada a sugestão prévia dada por Camila de convidar a compositora Marcela Lucatelli para uma entrevista na série Vozes. Marcela falaria sobre a própria obra e sobre a experiência que teve em Darmstadt ao assistir o festival de 2016, com atividades dedicadas à questão de gênero. Para este evento faríamos flyers online, em vez de papel. Mariana sugeriu divulgar no CMU News. Outras possíveis convidadas seriam a compositora Denise Garcia e Renata Roman.
  • Textos para GEs: ficou combinado que procuraremos artigos de Georgina Born, futura convidada do Congresso de Sonologia em novembro deste ano. Como a antropóloga abraçou a causa feminista somente nos últimos anos, foi decidido que o texto deveria ser desta fase mais recente.
  • Davi Donato ficou de mandar algumas sugestões de textos da Georgina Born que ele conhece. Valéria apontou um interesse do NuSom em estudar a produção de Georgina conjuntamente com a Sonora.
  • Ficou programado fazermos um projeto para os programas de radio para a Radio USP.

Ata da 14ª Reunião – interna – (13/06/2016)

Tópicos

  • Foi discutido que os assuntos abordados devem ser mais aprofundados, reservando no mínimo 2 ou mais reuniões por tema
  • Foi discutida a ausência de sessões de escuta nas últimas reuniões
  • Para complementar o ciclo de encontros enfocando o feminismo negro, foi combinado que o próximo encontro será dedicado a escutas de compositoras negras
  • Foi editado o logo da Sonora e inserido no site
  • Foi atualizado o site e formatado antigos posts que estavam diferentes
  • Foi discutida a participação da Sonora em forma de mesa ou algo semelhante no Ciclo Sonora de Compositoras

Divisão de tarefas

Foram designadas as seguintes tarefas:

  • Eliana fica responsável pela redação das atas
  • Davi fica responsável pela leitura dos e-mails do grupo
  • Valéria ficou de editar as transmissões
  • Ariane fará o flyer da série Vozes com Valéria Bonafé

Planejamento da próxima reunião – GE – dia 20/06/2016

  • Sessão de escuta de compositoras negras, cada membro trará um exemplo sonoro.