[Referências] /* sons, afetos e deslocamentos, entre o audiovisual e a arte sonora */ com Marina Mapurunga e Tide Borges

::: Parte 1 (apresentação):

Site da Marina Mapurunga: http://mapu.art.br/

Site Tide Borges: https://www.imdb.com/name/nm0096601/

SOCINE (Sociedade Brasileira de Estudos em Cinema e Audiovisual) – https://www.socine.org/

ENPSC – Encontro Nacional dos Profissionais do Som no Cinema – https://www.facebook.com/enpsc.art.br/

Site Artesãos do Som (Bernardo Marquez) – http://www.artesaosdosom.org/ .

JISMA – Jornada Interdisciplinar de Som e Música no Audiovisual –

https://conferencias.ufrj.br/index.php/jisma/

ABC – Associação Brasileira de Cinematografia https://abcine.org.br/site/

NuSom- Núcleo de Pesquisa em Sonologia da USP – http://www2.eca.usp.br/nusom/

Trilha: Carteadas, da Sonora, do álbum Vozes Sem Palavras (SONatório org.) – https://sonatorio.bandcamp.com/track/carteadas-binaural

Livro: HOLANDA, Karla; TEDESCO, Marina Cavalcanti. (org.). Feminino e plural: Mulheres no cinema brasileiro. Campinas, São Paulo: Papirus, 2017

::: Parte 2 (Ceará):

Inês Mapurunga, canal do youtube: https://www.youtube.com/channel/UCVBugoI-r_CrbaKtg0FALQA / https://www.facebook.com/memoriacantada/

Alfredo Miranda ao Pife: http://www.veronicammiranda.com.br/alfpife.htm

Marie Deutschland – https://de.wikipedia.org/wiki/Marie_Deutschland / álbum Frau Trude/Ziotek https://www.discogs.com/pt_BR/Marie-Deutschland-Frau-Trude-Ziotek/release/1033903

Escola de Audiovisual de Fortaleza Vila das Artes (link do canal do YouTube da Vila das Artes): https://www.youtube.com/channel/UCz3MAypTifZxA8ztBblegIg)

Projeto Político Pedagógico da Escola Pública de Audiovisual Vila das Artes: https://pt.calameo.com/books/0050678664307602d4d5e

Alexandre Veras: https://mapacultural.fortaleza.ce.gov.br/agente/9264/

Filmes feitos na Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes:

Palavras Mortas? (2008) – dirigido por Marina Mapurunga (https://youtu.be/IJiUYR6rFsk )

SENSVS (2010) – dirigido por Marina Mapurunga (https://www.youtube.com/watch?v=SuBxWDFZ4ik)

Opus X: para teclado de objetos sonoros (2011), instalação sonora de Marina Mapurunga, durante a residência Conexões Estéticas (2011): https://www.youtube.com/watch?v=LsjV9r970J8&feature=emb_title

Luiz duVa: https://www.luizduva.com.br/

Livro: O som no cinema brasileiro (autor: Fernando Morais da Costa) – https://www.7letras.com.br/o-som-no-cinema-brasileiro.html

::: Parte 3 (Rio de Janeiro):

Prof. Fernando Morais da Costa: http://www.cinevi.uff.br/corpo-docente/fernando-morais

Site do duo O Grivo: http://www.ogrivo.com/

Dissertação de Marina Mapurunga, Culinária Sonora: Uma análise da construção sonora d’O Grivo em cinco micro-dramas da forma de Cao Guimarães: https://www.academia.edu/10981417/CULIN%C3%81RIA_SONORA_UMA_AN%C3%81LISE_DA_CONSTRU%C3%87%C3%83O_SONORA_DO_GRIVO_EM_CINCO_MICRO-DRAMAS_DA_FORMA_DE_CAO_GUIMAR%C3%83ES

Alexandre Jardim: http://ctav.gov.br/2012/05/28/espaco-do-especialista-2/

Livro da Virgínia Flôres, O Cinema: uma arte sonora: http://www.annablume.com.br/loja/product_info.php?products_id=1896&osCsid=ih6nkjj8p3h

Prof. Rodolfo Caesar: https://ppgm.musica.ufrj.br/rodolfo-caesar/

Audiorebel – https://audiorebel.com.br/

::: Parte 4 (Bahia):

SONatório: www.sonatorio.org
OLapSo (Orquestra de Laptops SONatório): www.sonatorio.org/olapso

UFRB- Universidade Federal do Recôncavo da Bahia- www.ufrb.edu.br
CAHL/UFRB – https://ufrb.edu.br/cahl/

Festival CachoeiraDoc- https://pt-br.facebook.com/docachoeiradoc/

Mateus Aleluia – https://www.youtube.com/results?search_query=mateus+aleluia

Curso de Cinema e Audiovisual UFRB – https://www2.ufrb.edu.br/cinema/

Mapa Sonoro de Cachoeira – http://mapasonorodecachoeira.sonatorio.org/

Curso de Artes Visuais UFRB – https://www2.ufrb.edu.br/artesvisuais/

Grupo de Pesquisa LinkLivre: https://www2.ufrb.edu.br/linklivre/

Longa-metragem – Café com Canela (direção de Ary Rosa e Glenda Nicácio) – teaser: https://www.youtube.com/watch?v=ZaitUsriWfM , disponível no prime em: https://www.primevideo.com/detail/Caf%C3%A9-com-Canela/0PZ0Q0W9L3LPMKJUTUCZU5CYZ5

Curta-metragem – Maré (direção Amaranta Cesar): http://gp2019.academiabrasileiradecinema.com.br/gp2019/curta-metragem-documentario/mare/

::: Parte 5 (São Paulo):

NuSom- Núcleo de Pesquisa em Sonologia da USP – http://www2.eca.usp.br/nusom/

Orquestra Errante – http://www.orquestraerrante.eca.usp.br

Prof. Fernando Iazzetta – http://www2.eca.usp.br/nusom/fiazzetta

Sonologia I/O: http://www2.eca.usp.br/sonologia/2019/

Exposição de arte sonora Sons de Silicio – https://sonsdesilicio.wordpress.com/ https://gpi-nusom.gitbook.io/documentacao/atividades/eventos/exposicoes/segunda-edicao-sons-de-silicio

Vértice: https://www.facebook.com/vertice.shows/

Língua Fora: https://www.facebook.com/linguaffora/

[Referências] Artes sonoras, práticas críticas e trabalho cultural: potencialidades, afetos e tensões artísticas, criativas e laborais na contemporaneidade com Vanessa de Michelis e Lílian Campesato

Site de Vanessa De Michelis: http://vnss.info/ https://linktr.ee/vandemichelis

Site do Azucrina Records: https://azucrinarecords.github.io/

Filme: Post – Interludio, https://vimeo.com/189941176?fbclid=IwAR0C_zCAZt_t5dxgtPtyRE19c__FcWU2hZRML4Lwr
qiXwem6tNl0WXpQREQ

JK-GIBSON- GRAHAM
http://www.communityeconomies.org/people/JK-Gibson-Graham
https://redrawingtheeconomy.info/ (Drawing Icebergs workshops)

Her Noise Archive – http://hernoise.org/documentation/introduction/

Lina Džuverović – http://www.dzuverovic.org/

Mapeando deslocamento do poder – atuação x representação
https://www.powercube.net/analyse-power/what-is-the-powercube/

Audiosphera – https://www.museoreinasofia.es/en/exhibitions/audiosphere


Alves, G. L. (2008) ‘History of Pedagogical Ideas in Brazil (en) – (pt) História das idéias pedagógicas no Brasil’, Revista Brasileira de Educação, 13(37), pp. 173–178. doi: 10.1590/S1413-24782008000100016.

AZ Records (2010) ‘AZ Records: Reporting an Experience with Netlabels (en-pt) Relatos de uma experiência com selos virtuais’, in Brito, T. (ed.) Digital Counterculture: Critical Production in Digital Media (en-pt) Contracultura Digital: reflexões críticas em midias digitais. Available at:
http://www.bibliotecadocomum.org/files/original/040d139ba35d02d959d108190214552c.pdf
(Accessed: 10 May 2020).


AZ Records and De Michelis, V. (2015) DIY Stage Setup for Women – Sound Stage Setup for Women, Vimeo. Available at: https://vimeo.com/118425650 (Accessed: 10 May 2020).


Banks, M. (2017) Creative justice: cultural industries, work and inequality. London ; NewYork: Rowman & Littlefield International. Bassanesi, C. (2018) ‘Residencies as spaces for production and relflection in the arts (en) – (pt) AS RESIDÊNCIAS ARTÍSTICAS COMO ESPAÇOS DE REFLEXÃO E PRODUÇÃO DE ARTES’, Revista Observatório Itaú Cultural, pp. 160–169.

Burgos, F. (2009) ‘Cultural Policy in Brazil: a historic of institutional advancements and regress (en) – (pt) Política Cultural no Brasil: Histórico de Retrocessos e Avanços Institucionais’, in. XXXIII Encontro da ANPAD. Available at: http://www.anpad.org.br/admin/pdf/APS3105.pdf.

Calabre, L. (2005) ‘Historic of Cultural Policy in Brazil (en) – (pt) Política Cultural no Brasil: um Histórico’, in. I Encontro Nacional de Educação e Cultura, Fundação Casa Rui Barbosa.


Campesato, L. and Iazzetta, F. (eds) (2019) Local practices, universal discourses (en-pt) PRÁTICAS LOCAIS, DISCURSOS UNIVERSALIZANTES: Relendo a música experimental. Salvador – Brasil: Universidade Federal da Bahia. Available at: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/29726/3/desobediencia_sonora_cristiano_figueiro_org_rev-29-julho.pdf.

Daichtendt, G. J. (2009) ‘Redefining the Artist-Teacher’, Art Education. National Art Education Association, 62(5), pp. 33–38.

De Michelis, V. (2019) Handmade Electronic Instruments and Stage Setup Workshops, website. Available at: https://www.vandemichelis.info (Accessed: 10 May 2020).

Desenhaudio (no date) Vimeo. Available at: https://vimeo.com/14684697 (Accessed: 10 May 2020).

Džuverović, Lina (2020) THE LOVE AFFAIR BETWEEN THE MUSEUM AND THE ARTS OF SOUND. Available at: http://www.dzuverovic.org/?path=/texts/the-love-affair-between-the-museum-and-the-arts-of-sound/ (Accessed: 1 March 2020).


Figueiró, Cristiano (ed.) (2019) Sonic Desobedience: Experimental Music Labels and their Sustainable Technologies (en) – (pt) Desobediência Sonora: Selos de Música Experimental e Suas Tecnolgias de Sustentabilidade. Salvador – Brasil: Universidade Federal da Bahia. Available at:
https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/29726/3/desobediencia_sonora_cristiano_figueiro_o
rg_rev-29-julho.pdf
.

Gibson-Graham, J. K. (2006) A postcapitalist politics. Minneapolis: University of Minnesota Press.

Giroux, H. A. (2010) ‘Rethinking Education as the Practice of Freedom: Paulo Freire and the Promise of Critical Pedagogy’, Policy Futures in Education, 8(6), pp. 715–721. doi: 10.2304/pfie.2010.8.6.715.

Handmade Electronic Music: The Art of Hardware Hacking, 2nd Edition (Paperback) – Routledge (no date) Routledge.com. Available at: https://www.routledge.com/Handmade-
Electronic-Music-The-Art-of-Hardware-Hacking-2nd-
Edition/Collins/p/book/9780415998734
(Accessed: 24 February 2020).

Intersessões (no date) Flickr. Available at:
https://www.flickr.com/photos/azucrinarecords/sets/72157624565506227 (Accessed: 24 February 2020).

Kori, L. and Novak, D. (2020) ‘Handmade Sound Communities’, in Handmade Electronic Music The Art of Hardware Hacking. Third edition. New York: Routledge. Available at: https://www.routledge.com/Handmade-Electronic-Music-The-Art-of-Hardware-Hacking-3rd-Edition/Collins/p/book/9780367210106.

Latin Elephant (2020) Working Disobedience from Latin America. Available at: http://www.workingdisobedience.com/.

McCall, V. and Gray, C. (2014) ‘Museums and the “new museology”: theory, practice and organisational change’, Museum Management and Curatorship, 29(1), pp. 19–35. doi: 10.1080/09647775.2013.869852.

McRobbie, A. (2016) Be creative: making a living in the new culture industries. Cambridge, UK ; Malden, MA: Polity Press.

Mintz, A., X, A. and Veneroso, P. (2010) ‘Marginalia+Lab v. 1 – Magazine No 01’. Available at: https://www.academia.edu/36959347/Revista_Marginalia_Lab_v._1.

Negri, A. and Emery, E. (2018) From the factory to the metropolis. English edition. Cambridge, UK ; Malden, MA: Polity Press (Essays, volume 2).

Neiva, T. (2019) ‘Engaged Sonorities: Politics and Gender in the Work of Vanessa De Michelis’, in Chaves, R. and Iazzetta, F. (eds) Making it heard: a history of Brazilian sound art. New York: Bloomsbury Academic (Sound studies).

News | Community Economies (no date). Available at:
http://www.communityeconomies.org/index.php/ (Accessed: 22 June 2020).

Pearse, H. (1992) ‘Beyond Paradigms: Art Education Theory and Practice in a Postparadigmatic World’, Studies in Art Education, 33(4), p. 244. doi: 10.2307/1320669.

Pringle, E. (2009) The Artist as Educator: Examining Relationships between Art Practice and Pedagogy in the Gallery Context, Tate – Tate Papers no.11. Available at: https://www.tate.org.uk/research/publications/tate-papers/11/artist-as-educator-examining-
relationships-between-art-practice-and-pedagogy-in-gallery-context
(Accessed: 24 April 2020).

Rennó, R. (2009) Laboratories: spaces of production, diffusion and research in art and technology (en) – (pt) Laboratórios: Espaços de produção, difusão e pesquisa de Arte e Tecnologia, Vimeo. Available at: https://vimeo.com/21528675 (Accessed: 24 February 2020).

Rey, G. (2018) ‘Symbolic Mutations, Cultural Redesign and Education: The library, the Museum and the Laboratory In defense of Arts-Education (en) – (pt) Mutações simbólicas, Redesenhos culturais E educação: A biblioteca, o museu e o laboratório’, Revista Observatório Itaú Cultural, pp. 115–131.

Roelvink, G., St. Martin, K. and Gibson-Graham, J. K. (eds) (2015) Making other worlds possible: performing diverse economies. Minneapolis: University of Minnesota Press.


Scharff, C. (2019) Gender, subjectivity and cultural work: the classical music profession. London: Routledge.

What is the powercube? | Understanding power for social change | powercube.net | IDS at Sussex University (no date). Available at: https://www.powercube.net/analyse-power/what-is-
the-powercube
/ (Accessed: 22 June 2020).

Zerbinatti, C., Nogueira, I. and Pedro, J. M. (2018) ‘A emergência do campo de música e gênero no Brasil: reflexões iniciais’.

/* sons, afetos e deslocamentos, entre o audiovisual e a arte sonora */

Nessa sétima edição do Às vivas, /* sons, afetos e deslocamentos, entre o audiovisual e a arte sonora */, Tide Borges conversa com Marina Mapurunga, pesquisadora, professora, artista sonora e integrante da Sonora. Marina nos contará seu percurso que vai de práticas sonoras no audiovisual (como técnica e editora de som) à arte sonora, partindo de seus deslocamentos entre os estados do Ceará, Rio de Janeiro, Bahia e São Paulo.

Link do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/278217616869458/permalink/278218113536075/?notif_t=page_post_reaction&notif_id=1592522254866344

Playlist #2 Sonora para Radio CASo

Sextas-feiras de agosto (14/08, 21/08, 28/08), às 18h (UTC-3, Arg/Br).

Organizamos uma segunda playlist para esse projeto argentino lindo de transmissão 24h nos campos da música experimental, arte sonora e música contemporânea. Essa playlist foi feita a partir de uma chamada aberta, com organização de Mariana Carvalho e Marina Mapurunga.

Transmissão no site:
https://centrodeartesonoro.cultura.gob.ar/

Artistas participantes: Amanda Jacometi, Ariane Stolfi, Banda de Garotas Instantâneas, BARTIRA, Camila Machado, desconcerta, Flora Holderbaum, Gisele Bernardes, Ianni Luna, Leandra Lambert (Lori Yonï), Lara Sorbille, Laura Wrona, Marcela Lucatelli, Marion Velasco e Marina Camargo, O Exílio (Olivia Luna e Rayra Costa), Rayra Costa, Rheremita Cera.

Artes sonoras, práticas críticas e trabalho cultural: potencialidades, afetos e tensões artísticas, criativas e laborais na contemporaneidade

Nessa edição do Às vivas Lílian Campesato conversa com Vanessa De Michelis sobre as intersecções entre arte sonora e trabalho, a partir da experiência da artista atuante no campo da arte, cultura e educação. A conversa vai passar pelo envolvimento pessoal e profissional de Vanessa com diferentes perspectivas e plataformas de engajamento artístico/políticos como a cultura faça-você-mesmo, feminismos, arte-tecnologia, medialabs e netlabels.  Faremos um percurso reflexivo sobre diferentes implicações desse percurso   quando analisados do ponto de vista da prática artística e do trabalho cultural.  A conversa convida a uma reflexão sobre a constante busca por estratégias e reposicionamentos artísticos que viabilizem a sustentabilidade financeira e, sobretudo, ética-política de artistas-trabalhadorxs culturais.

Link do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/278217616869458/permalink/278218113536075/?notif_t=page_post_reaction&notif_id=1592522254866344

[Referências] Theremin e música de cena com Julia Teles e Lucia Esteves

Site de Julia Teles: http://www.juliateles.com

Duo Teia (Julia Teles e Inés Terra) – instagram.com/duoteia /RKZ Records

Sonideria – sonideria.com/

Fusion Arts Exchange – Brian Robison

NME e linda / linda.nmelindo.com

28 patas furiosas – facebook.com/28patasfuriosas 

Thereministas: Clara Rockmore e Carolina Eyck

Canal do Youtube de Carolina Eyck: https://www.youtube.com/user/carolinaeyckvideos

Reinaldo de Souza, construção de theremins – https://theremin.com.br/

Livro: Música e Mediação Tecnológica (Fernando Iazzetta), Editora Perspectiva

Curso de Áudio IAV – Instituto de Áudio e Vídeo

Pós-graduação Música e Imagem na Faculdade Santa Marcelina – https://www.santamarcelina.org.br/educacao/fasm_unidade_curso.asp?idCurso=327&idUnidade=29

[Referências] Teias e viagens, dentro e fora: arte sonora e corpo-relação com Mariana Carvalho e Francisco Lauridsen Jalala

Playlist Sonora #1 na Radio CASo, todas as sextas de junho às 18h: https://centrodeartesonoro.cultura.gob.ar/info/radio-caso/

site (em construção) : www.marianacarvalho.me


grupos e coletivos

  • Sonora – músicas e feminismos

pianismos de borda, piano como lugar de expansão

  • TCC: Explorações de uma relação particular e de expansão com o piano: presença, experimentação e interação. Orientação: Rogério Costa.
  • Tese Chico: Francisco Lauridsen Ribeiro – Esboçamentos de corpossom: a escrita do corpo e a víscera do som

https://teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27158/tde-16052019-120236/pt-br.php

  • estudo em nylon – linhas de fuga
CMU – USP, São Paulo, 2017.
CASo – Centro de Arte Sonoro de la Casa del Bicentenario, Buenos Aires, 2018.

Residências artísticas:

nylon bites (2018- )

playlist com vídeos:
https://www.youtube.com/playlist?list=PLgfTAOEH0e4cFlerfTJDz8b_zjIPtT3Lv

Quina Filmes: https://www.facebook.com/quinafilmes/

Exposição Sons de Silício: 

https://sonsdesilicio.files.wordpress.com/2019/07/catalogo-prev-1.pdf

me alimento de voces (2019 – ) [antropofagia, promiscuidade]

Anna Raimondo – New Genders of Listening #2: in conversation with Mariana Carvalho:

promiscuidade, escuta relacional, intimidade: Brandon Labelle – Acoustic Territories – Sound Culture and everyday life, Bloomsbury academic, 2010.

antropofagia: Susan Campos Fonseca no Sonologia 2019:

https://www.susancamposfonseca.net/single-post/2019/04/18/Estudios-sonoros-tecnofeministas

Performance em outubro de 2018, no Espacio Incognita em Broken Toy (colaboração com AADK Spain e suporte de Selu Herraiz): https://espacioincognita.com/

“me alimento de voces/me alimento de vocês

Sólo podemos atender al mundo orecular.
[Manifiesto Antropófago – Oswald de Andrade, 1928]

Entra. Canta en mi boca. Escucha tu sonido procesado por mi cuerpo. Tu voz, tus ruidos y tus silencios, me los como. Los filtro con mi carne, mis huesos y en mi intimidad. Audibilizo todo lo que devoro y digiero, en el mundo orecular. Soy aural y soy oráculo, cúmulo de tus voces. Me alimento de voces. Alimento-me de vocês.”

peça feita com os registros da performance:

Coleção de vozes das quais tenho me alimentado

  • Women’s Improvising Group (2019): https://www.youtube.com/watch?v=G29GL02nJtI
    Maggie Nicols, Charlotte Hug, Caroline Kraabel, Matilda Rolfsson, Sarah Gail Brand, Mariá Portugal, Joana Queiroz, bella, Nanati Francischini, Mariana Carvalho
  • Lílian Campesato e Valéria Bonafé: A conversa enquanto método para emergência da escuta de si

http://www.seer.unirio.br/index.php/revistadebates/article/view/9651

  • Coletiva Escuta: Biancamaria Binazzi, Mariana Carvalho, Renata Gelamo e Ritamaria
  • Escuta Profunda: Pauline Oliveros e curso com Isabel Nogueira

Pauline Oliveros – Deep Listening: A composer’s sound practice, 2005.

  • Ximena Alarcón

https://www.ximenaalarcon.net/

  • Colegas da cena de música experimental e improvisada: Flora Holderbaum, Ines Terra, Julia Teles, Laura Mello, Leila Monsegur, Marina Mapurunga, Nanati Franciscini, Flavia Goa, Natasha Xavier, 
  • Hermanas latinoamericanas de la escena: Alma Laprida, Ce Pams, Florencia Kurch, Paula Sanchez, Roxana Draks, Paula Sanchez, Viviana Ramos.
  • Companheiras europeias improvisadoras, performers e artistas: Alba Maia, Alesandra Rombolà, Aurora Rodríguez, Beatriz Gijón, Irina Bardoczi, Ioana Nitulescu, Luisa Alvarez Armesto, MAYUHMA, ,Sânziana Dobrovicescu, Yumi Celia
  • Cotiara produtora (Samya Enes, Ana Elisa Mello):

https://www.instagram.com/cotiaraprodutora/

Playlist Sonora #1 na Radio CASo

Primeira playlist da Sonora – músicas e feminismos com faixas de algumas mulheres brasileiras da música experimental/contemporânea para a Radio CASo, do Centro de Arte Sonoro de la Casa del Bicentenario, de Buenos Aires.

A playlist vai ao ar em todas as sextas-feiras do mês de junho, às 18h (Arg/Br):
05/06; 12/06; 19/06 e 26/06.

Artistas presentes: b-Aluria, bella, Carla Boregas, Daniele Costa, Eliana Monteiro da Silva, Flavia Goa, Ines Terra, Isabel Nogueira, Julia Teles, Laura Mello, Lílian Campesato, Mariana Carvalho, Marina Mapurunga, May HD, Natasha Xavier, Renata Roman, Sonora, Teratosphonia, Valéria Bonafé e Vanessa de Michelis.
Organização: Daniele Costa e Mariana Carvalho.

Link para escutar a radio CASo (24h).
Programação completa da Radio CASo.

Ata da reunião de 02/03/2020: Primeiro encontro de 2020.

por Mariana Carvalho

Apresentação e boas-vindas a Rafaela Martinelli

Informes:

  • Derivas da Escuta – experiência imersiva conduzida por Ritamaria e Mariana Carvalho no próximo sábado, 07/03, na A Casa Tombada. Mais informações e inscrições no site: https://acasatombada.com.br/derivas-da-escuta-2-com-ritamaria-e-mariana-carvalho/
  • ANPPOM anunciou no facebook que nesta edição estão providenciando um espaço de acolhimento para crianças, mães e pais. Isso tem a ver com mobilizações da Sonora nos últimos anos (principalmente encabeçados pela Tânia Neiva). Sugestão de post da Sonora sobre isso.
  • Fernando Iazzetta compartilhou um edital aberto aqui dentro da USP (pró-reitoria) e pode ser de nosso interesse, principalmente para o projeto do podcast: edital de apoio a projetos de pesquisa com iniciativas de ciência cidadã”. Prazo limite: 16 de março. Programar uma reunião para isso.
  • O Gustavo Branco doou para nós o programa de um festival de Nova Iorque chamado “Focus” (organizado pela Giuliard School), que teve o último ano dedicado a compositoras. 
  • Projeto do NuSom – projeto temático mandado para a FAPESP – não foi aprovado. Mandamos propostas da Sonora dentro deste projeto, e também da Lílian e da Valéria relacionados. O projeto vai ser reapresentado e precisa de uma readequação, inclusive na parte da Sonora nele. Programar uma reunião para isso.
  • O projeto Vozes sem Palavras, Marina Mapurunga junto com o Sonatório (seu grupo na UFRB em Cachoeira) está pronto e vai ser lançado semana que vem. A Sonora gravou uma faixa para ele no ano passado. Pensar num texto de relato de processo para as redes
  • 8M e 14/03 (Marielle): Dia 05/03, mesa sobre o papel das mulheres nas lutas latino-americanas, na Prainha, organizado pelo Coletivo Feminista e o CALC, seguida de Quinta i Breja do Coletivo Feminista. Dia 08/03, domingo às 14h, ato unificado na Paulista (concentração na Praça Mário Covas, na altura do n.1800). Dia 11/03, quarta às 12h, vai ter um pique-nique feminista organizado pela DCE, Rede Não Cala, ADUSP e SINTUSP, na Praça do Relógio com passeata até a creche da USP. Dia 14/03, sábado às 17h: Quem Mandou Matar Marielle, dois anos de luto e luta, na Praça do Ciclista, Paulista.
  • Jazzmin’s: Manon encontrou com Paulo Assis: tudo está editado e mixado (quase pronto!), só falta mexer um pouquinho nas conversas. Falta a triagem dos takes de imagens das conversas. Falaram sobre o aprendizado do processo e como fazer melhor das próximas vezes.
  • Escuta: Eliana está pronto faz tempo e só falta a vinheta. Marina vai fazer a vinheta assim que entregar a qualificação. 
  • Trocadores vão ser instalados no prédio principal da ECA. 
  • Sonora vai fazer 5 anos em abril.

Desejos:

Val: Agora está no Pós-doc no CMU e a série Vozes os Podcasts estão relacionados ao projeto dela, a ver com poéticas sonoras nos trabalhos de mulheres. Também gostaria de contribuir mais com o tema maternidade e vida acadêmica (retomar isso) – espaços, impacto na produção e vida acadêmica.

Mari: podcast, série vozes, sessòes de escuta e grupo de estudos. Experimenta de gravação, ou juntar isso com alguma série escuta. Deep listening. Álbum Sonora selo Berro. Vozes com a Lílian. Traduzir site pro inglês e espanhol.

Rafa: criar coletivo de pessoas psico divergentes e falar da psico normatividade – evento da sonora relacionado a isso, série Visões ou GE. Fazer a ópera King Haralds Saga, de Judith Weir, aqui no CMU e em outros lugares, e que isso faça parte da série Escuta: . Trazer Judith Weir e Emily Thorner pro Vozes tb, ou seja transmitido ao vivo, em podcast ou vídeo, algo do tipo. 

Manon: Falar de compositoras de músicas para filmes no brasil, fazer um podcast sobre isso, pesquisar mais.

Tide: Finalizar todas as coisas começadas. Salvar vídeos do youtube no drive. Fazer outro Vozes. Organizar podcast no site. Organizar tudo lindamente como comemoração para os 5 anos. Vozes Manon tb.

Lílian: Escrever sobre a Sonora.  Sonora está fazendo 5 anos e já temos uma perspectiva para falar sobre a rede. Olhar para nós mesmas. Falar sobre créditos dos nossos trabalhos, como credita produção, como nos referimos. Fazer mais Vozes e os podcasts. Programa da Ximena Alarcón. Álbum Sonora selo Berro – 5 anos. Pensar mais sobre nossos focos e as demandas de cada trabalho. Falar sobre criação musical através da conversa: encontros sobre criação.

Flora: Ano de TCC – relações da sonora com isso. Chamar Ana Fridman pra Sonora. GEs: questão queer, pedagogia queer, monogamia e não monogamia nas relações em geral. Vozes Susana Igayara.

Reuniões necessárias:

  • edital da pró-reitoria
  • projeto do NuSom
  • balanço Jazzmin’s e como trocar sabedorias
  • site e materiais (domínio, arquivos)

Próxima reunião:

  • Edital da pró-reitoria (ler edital para semana que vem)
  • Falar sobre podcast (e edital)
  • Pensar neste ano voltado pra nós como 5o ano da Sonora. 
  • Calendário
  • Falar sobre recepcao de calouros