AmplifyHer SP

AmplifyHer: Voicing the experience of women musicians in Brazil é um estudo piloto desenhado para avaliar os desafios mais urgentes que as musicistas femininas enfrentam no Brasil, nomeadamente aqueles relacionados com a falta de exposição na mídia e o acesso deficiente a oportunidades de trabalho, receita e financiamento. Este é um projeto de pesquisa financiado pelo Global Challenges, envolvendo pesquisadores da Manchester Metropolitan University, da Universidade de São Paulo e da Edinburgh Napier University. Os estudos exploratórios para este relatório decorreram de março a julho de 2021. O estudo envolve doze mulheres musicistas de São Paulo, que representam a realidade brasileira mais ampla. Seis das doze participantes são brancas e seis são negras. Seis em doze pertencem à faixa etária dos 20 aos 39 anos (Novos Talentos – NT); três pertencem à faixa etária dos 40 aos 55 anos (Artistas Estabelecidos – EA) e três pertencem à faixa etária dos 55 e acima (Artistas Sêniores – SA). Os dados neste relatório foram obtidos a partir de três grupos focais exploratórios (quatro participantes cada) e entrevistas individuais. A metodologia seguiu dois tipos de triangulação, segundo Denzin (1978)*, tendo os dados sido analisados individualmente e cruzados por três pesquisadores e tendo sido feitas três tipos de obtenção dos mesmos dados: grupo focal, observação direta e entrevista. Desta forma foram obtidos dados quantitativos e qualitativos 

***

English

AmplifyHer: Voicing the experience of women musicians in Brazil is a pilot study designed to assess the most pressing challenges facing female musicians in Brazil, namely those related to lack of media exposure and poor access to job opportunities, income and financing. This is a research project funded by Global Challenges, involving researchers from Manchester Metropolitan University, University of São Paulo and Edinburgh Napier University and the exploratory phase ran from March to July 2021. The study involved twelve female musicians from São Paulo, who represent the broader Brazilian reality. Six of the twelve participants are white and six are black. Six in twelve belong to the age group from 20 to 39 years old (New Talent – NT); three belong to the age group of 40 to 55 years (Established Artists – EA) and three belong to the age group of 55 and above (Senior Artists – SA). Data in this report were obtained from three focus groups (four participants each) and individual interviews. The methodology followed two types of triangulation, according to Denzin (1978)*, with the data being analyzed individually and crossed by three researchers, and three types of data were obtained: focus group, direct observation and interview. In this way, quantitative and qualitative data were obtained.

*Denzin, N. (1978) Sociological Methods: A Sourcebook. NY: McGraw Hill.

Relatório & Infográficos

Clique aqui para ter acesso ao pdf do relatório e dos infográficos

EPK’s

BEATRIZ FRANÇA

Contrabaixista e professora. Há anos trabalha em orquestras sinfônicas, tocando contrabaixo acústico – integra hoje a Orquestra Sinfônica Municipal de Santos. Tem ministrado cursos de contrabaixo acústico para alunos do Projeto Guri.

GABRIELA MACHADO

Flautista e compositora, atuante nas áreas popular e erudita. Atua em vários grupos instrumentais com repertório de música brasileira: Câmaranóva, Quintal de Fulô, Quarteto Quadrantes e Choro de Bola. Desde 2012 é professora de flauta transversal e prática de madeiras na Escola de Música do Auditório do Ibirapuera, com direção artística de Nailor Proveta. 

NATALIA FRANCISCHINI

Musicista e artista visual. Atua como improvisadora musical, interessada na preparação da guitarra elétrica e pesquisando as relações entre seu corpo, a guitarra e objetos ordinários. Trabalha também com produção no meio musical subterrâneo, sendo uma das articuladoras do selo Música Insólita e do coletivo Frestas Telúricas. Já participou de festivais como o Improfest (2021), Novas Frequências (2020), SESC Jazz (2019), Festival CHIII de Música Criativa (2019), Festival Internacional de Música Experimental (2016), dentre outros.

PAOLA RIBEIRO

Artista, cantora, improvisadora vocal, pesquisadora, educadora. Participou em 2020 do Festival Novas Frequências, principal evento sul-americano de música experimental e arte sonora, no qual apresentou, junto ao duo paulistano Radio Diaspora, “Trigrama”, experimento sobre as múltiplas possibilidades associadas ao número “3”, abraçando simultaneamente o caos, o equilíbrio e a iconoclastia de reminiscências afro-diaspóricas do free jazz.

ROSA COUTO

Pesquisadora, musicista e educadora. É Doutora em História tendo como foco de pesquisa Música Popular africana e afrobrasileira e também as relações entre racismo e indústria fonográfica. Integra a Funmilayo Afrobeat Orquestra contribuindo nos vocais, nas claves e nas composições autorais da banda. É autora do livro Fela Kuti: contracultura e (con)tradição na música popular africana. Integrou a equipe de curadoria do Museu Virtual Itamar Assumpção e atualmente é Educadora do Museu Afro Brasil.

TAHYNÁ OLIVEIRA

Flautista, formada pela Escola Estadual de Música. Integra o grupo paulistano Choro na Quitanda e também o grupo Mulheres no Sincopado, com o qual desenvolve trabalho de pesquisa, resgate e exaltação de grandes compositores e intérpretes do Brasil. Adicionalmente tem um trabalho solo de música contemporânea, interpretando de obras de jovens compositores brasileiros.

BRUNA DO PRADO

Percussionista, bacharela em Percussão pela Unesp-Universidade Estadual Paulista. Pesquisadora da história da percussão e do feminino. Integra a Coletiva Juremas, grupo feminino de música vocal e percussiva formado em 2019 que desenvolve trabalho baseado nas culturas populares do Brasil.

LIDIA BAZARIAN

Pianista, camerista e professora. Em sua trajetória como solista e camerista evidencia e destaca interpretações de obras ligadas à música dos Séculos XX e XXI, com estreias e gravações de inúmeras obras contemporâneas nacionais e estrangeiras. Lançou, entre outros, os CDs Paisagem Brasileira (Meridien), Trópico das Repetições (selo SESC), Música de Câmara Brasileira (selo LAMI), ResSonâncias (selo LAMI), Fragmentos de um Inverno Solar, Imaginário – CD solo (selo LAMI) e Espelho d’Água e Sobreluz (Selo SESC), estes como membro da Camerata Aberta.

PAOLA PICHERZKY

Violonista e professora. Tem sua carreira solo marcada pela divulgação da obra de Armando Neves, sobre quem realizou profunda pesquisa quando de seu mestrado na Unesp-Universidade Estadual Paulista. Desde 1995 integra o Choronas, grupo formado por quatro instrumentistas mulheres que se dedica especialmente ao choro. Atua como professora de violão desde o início dos anos 1990, na Fundação das Artes de São Caetano do Sul e na Faculdade de Música Santa Marcelina.

SIMONE SOU

Percussionista e compositora. Construiu sólida carreira tocando com vários artistas de ponta de MPB desde os anos 1990. Desde 2012 mora na Holanda. Em seus múltiplos projetos – Cru, Batucajé, Soukast – busca trafegar sempre por sonoridades inexploradas. Atualmente atua em duo com o acordeonista moldávio Oleg Fateev, no qual mistura músicas dos Bálcãs e brasileiras. Tem atuado na Europa como professora de percussão para grupos de batucada.

LIS DE CARVALHO

Pianista, arranjadora e compositora. É professora do curso de Piano Popular e Harmonia na EMESP Tom Jobim. Participou como pianista-tecladista e compositora do Grupo Kali e como pianista e arranjadora do grupo Tom da Terra. Integra a Jazzmin’s, big band criada em 2016, formada por dezessete instrumentistas mulheres, artistas vindas dos universos erudito e popular.

SONIA RAY

Contrabaixista, compositora, pesquisadora e professora. É titular de Contrabaixo e Música de Câmara da Escola de Música e Artes Cênicas da Universidade Federal de Goiás. Apresenta-se regularmente em performances ao contrabaixo, priorizando o repertório brasileiro e contemporâneo para o instrumento. É, desde 1993, artista convidada da International Society of Bassists (EUA).

Equipe

Pesquisador Principal/Principal Investigator
Dr José Dias

Pesquisadores/Co-Investigators
Prof Rogério Costa | Dr Kirsty Fairclough | Prof Haftor Medbøe

Assistentes de Investigação Pós-Doutorado/Post-Doctoral Research Assistants
Dr Ana Fridman | Dr Lilian Campesato

Equipe técnica áudio e vídeo/Technical team – audio and video 
Dr Tide Borges | Marina Mapurunga | Paulo Assis

Tradutor/Translator
Lígia Xavier

Relações Públicas/Public Relations
Matias José Ribeiro

Gestora de redes sociais/Social Media Manager
Valeria Gospodinova

Com o apoio de/With the support of: 
Sonora: músicas e feminismos
NuSom – Núcleo de Pesquisas em Sonologia 
Compartilhar: